Quando a academia começa a fazer efeito?



A ansiedade de resultados rápidos faz muita gente desistir da academia bem antes do tempo. Afinal, quando os resultados aparecem? Quem nunca ouviu falar do famoso “projeto verão”? Pois é, várias pessoas começam a praticar musculação 1 mês antes do verão e imaginam que nesse curto período de tempo verão os resultados da academia. Isso é errado, não adianta esperar milagres e nem ter pressa.

Cadê os resultados?

Antes de mais nada, como já falamos aqui, é preciso ter paciência e calma para que os resultados possam aparecer. Além disso, prestar atenção em seu treino, sua rotina e seu desempenho físico é essencial para notar a diferença corporal.

Evite comparações

Sabe aquele amigo que começou a treinar junto com você e que logo depois, nos treinos de hipertrofia, começa pegando o dobro de carga do que você? Esse tipo de comparação é muito comum, mas não deve acontecer. Você não é igual ao seu amigo e nem a qualquer outra pessoa. Seu organismo responde uma maneira diferente de qualquer outro. Erguer menos carga não significa que sua hipertrofia muscular seja pior, só talvez mais lenta. É difícil evitar comparações, mas as particularidades de cada um são muitas e é preciso respeitá-las e trabalhar em cima delas.

Siga uma rotina

Antes de buscar a hipertrofia, é preciso entender que musculação tem a ver com rotina. Muitos não gostam de praticar esse tipo de exercício justamente por conta da rotina que é preciso enfrentar para conseguir os resultados. Porém, se deseja chegar a hipertrofia, saiba que os treinos precisam ser realizados regularmente, em quantidade de tempo estabelecido, além de muita motivação e força de vontade.

Mude o treino sempre

Acabamos de falar que a hipertrofia tem a ver com a rotina e agora estamos falando sobre mudar o treino. Contraditório? Na verdade não. Como dissemos, cada organismo possui sua particularidade e, mesmo que para muitos poucas repetições e muita carga – o que caracteriza a hipertrofia – funciona, para você isso pode não dar certo. Existem diversos treinos focados em hipertrofia muscular, como os treinos de pirâmide, que podem ser a crescente ou decrescente, que são as mais comuns. É preciso achar o treino ideal para o seu biotipo e por isso mudar o treino a cada dois meses é importante, pois dessa forma seu corpo não se acostuma aos exercícios e os resultados aparecem mais rápido.

A alimentação é uma extensão do seu treino

Uma boa alimentação faz parte de quase 90% de todo o processo. Ou seja, se você não mudar seu cardápio, os resultados vão demorar para aparecer ou praticamente não aparecerão. Substituir os carboidratos simples pelo complexo, exceto logo após o treino, quando o corpo precisa de carboidrato à disposição de forma rápida, além de proteínas sempre presentes devem estar em primeiro plano. Evitar doces, frituras, refrigerante e outros tipos de gordura é essencial para não atrapalhar seus resultados. Frutas, legumes, hortaliças e verduras são excelentes substitutos. É preciso planejar e sonhar com grandes conquistas, mas é essencial ser realista. Concentre-se em objetivos palpáveis e de curto prazo para sempre se motivar, pois não há um tempo determinado para perceber os resultados da academia já que eles variam de acordo com cada organismo.