Entenda a importância do treino de força dos membros superiores para mulheres



A cada dia que passa é crescente o número de pessoas preocupadas com a saúde e bem-estar, com isso tendo inúmeros adeptos às academias de musculação e ginástica, sendo boa parte desses praticantes formado pelo público feminino. A prática da musculação vem sendo muito utilizadas pelas mulheres, mas muitas dúvidas surgem, uma delas é quanto ao treinamento de membros superiores. Grande parte delas pulam ou nem se quer preocupam-se com o treino de membros superiores, “o famoso treino de braço”, seja montado, com medo de ficarem masculinizadas ou com braços grandes e musculosos. Mas não é simples assim: Treinar braço com sobre carga e ficar musculosa. Para que você tenha hipertrofia desses membros existem vários fatores, pois além de não terem uma proporção de testosterona elevada (principal hormônio de crescimento muscular), diferente dos homens, algumas mulheres não conseguem treinar membros superiores com muita intensidade e com cargas altamente elevadas. Sabemos que o treino de membros superiores, exemplo: Costas, ombros, peitorais, tríceps e bíceps, é tão importante quanto o treinamento de pernas e aeróbio. Para que você desenvolva um exercício que trabalhe pernas e glúteos de forma eficaz, exemplo o agachamento, é necessário que se tenha uma postura adequada, com os músculos dos membros superiores bem fortalecidos, a fim de que as pernas e glúteos recebam uma alta intensidade e com isso desenvolvam hipertrofia (aumento de massa muscular). Além de ser importante para desenvolver exercícios de membros inferiores (“pernas”), o treinamento de membros superiores (“braço”) é importante para que você tenha uma simetria corporal, para a correção postural, manutenção e aumento da massa muscular, acelerando seu metabolismo e por consequência tendo maior gasto energético diário, resultando na perca de peso e percentual de gordura e com isso diminuindo a flacidez, principalmente do músculo do tríceps, o famoso “tchauzinho”, que mais incomodam a mulheres. Auxiliam ainda na prevenção e recuperação de lesões como tendinites e bursites. São inúmeros os benefícios citados sobre treinamento pra os membros superiores, mas nunca esqueçam: É muito importante o acompanhamento de um profissional de educação física para tirar suas dúvidas sobre o treino de força e adequá-lo as suas limitações e objetivos. Fonte: Folha da Mulher