Dor na canela durante a corrida? Entenda como evitar



Muitas pessoas que iniciam uma atividade de corrida sentem uma dor extremamente desconfortável na região da canela. Essa dor começa já nos primeiros minutos da corrida, e só para momentos depois que a pessoa deixa de correr para descansar ou caminhar. Neste caso, a maior probabilidade é que esta dor seja causada por um excesso de esforço do músculo tibial anterior, solicitado no movimento de flexão do pé durante as passadas na corrida. Conhecida pelo nome de canelite, a síndrome da tensão do tibial medial é às vezes confundida com essa dor causada por sobrecarga muscular, na região mais externa e superior da canela, no músculo tibial. É preciso saber diferenciar: a canelite é uma inflamação óssea, e normalmente causa dores na região mais inferior e interna da canela, na região onde não se sente nenhum músculo, podendo ter consequências mais graves se não for tratada. A dor por sobrecarga no músculo tibial anterior pode ser corrigida com um trabalho de fortalecimento e alongamento específico, além de algumas semanas de repouso das atividades que causam dor, normalmente a corrida. Tratamento com gelo pode aliviar as dores e pode ser feito. A elevação das pernas auxilia na circulação sanguínea, e também poderá ajudar a aliviar as dores. Já a canelite exige cuidados médicos e tratamento fisioterapeutico, afastamento temporário das atividades de corrida, podendo o atleta manter seu condicionamento com atividades sem impacto. Após tratamento, algumas medidas devem ser tomadas, como atenção especial ao tipo de calçado utilizado para corrida e correção da passada durante a corrida, além de cuidados com relação ao tipo de terreno onde são feitos os treinos. Em ambos os casos, o profissional de educação física poderá orientar nos exercícios e medidas adequadas para pratica da atividade com segurança. Fonte: Folha da Mulher