Confira algumas recomendaçãoes para prevenir varizes



Definidas como alterações referentes à dilatação irregular e permanente do conduto venoso e anormalidades em veias superficiais, as varizes caracterizam uma alteração funcional da circulação venosa do organismo que, além das consequências fisiológicas em virtude dos problemas associados à este quadro,  interferem na parte estética dos membros inferiores, sendo motivo de incômodo para muitas pessoas. A ocorrência de varizes é mais frequentemente observada em mulheres e pouco relacionada a hereditariedade, sofrendo influência direta de fatores como sedentarismo, obesidade, gravidez (ações hormonais), profissão (muito tempo nas posturas em pé ou sentada), alterações nas válvulas cardíacas ou abertura da comunicação arteriovenosa. Para este público em especial, o exercício em si apresenta-se como um importante recurso no auxílio ao tratamento dessas veias varicosas justamente por estimular a circulação e o retorno venoso. No entanto, para quem já sofre com esse tipo de problema, as cargas devem ser moderadas, evitando  bloqueios respiratórios e séries de treino que envolvam força isométrica. Para evitar o aparecimento das indesejadas “veias salientes e roxas”, ou até mesmo amenizar o problema, deve-se observar as seguintes recomendações:

  • Evitar ganhos exacerbados de peso;
  • Evitar a permanência prolongada nas posições em pé ou sentada;
  • Realizar caminhadas e/ou exercícios físicos;
  • Não exagerar na carga dos exercícios;
  • Não fumar;
  • Utilizar meias elásticas durante a gravidez;
  • Evitar hormônios anticoncepcionais.

O ideal é que o programa de exercícios seja elaborado de forma que haja diversificação entre as posturas (em pé, sentada, deitada), nesse sentido a musculação se torna uma modalidade muito aplicável, podendo ser combinada também com atividades aeróbicas, lembrando sempre da importância do acompanhamento realizado pelo profissional de educação física e da supervisão médica. Fonte: Folha da Mulher